Passar para o Conteúdo Principal
Partilha
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Menu

Autarquia macedense assinalou abertura do ano letivo

Macedo de Cavaleiros
8 1 980 2500
28 Setembro 2018

Macedo de Cavaleiros apresentou Plano Integrado de Combate ao Insucesso Escolar no Concelho
O Município de Macedo de Cavaleiros assinalou no passado dia 19 de setembro a abertura do ano escolar no concelho com a apresentação do Programa Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar das Terras de Trás-os-Montes – PIICIE-TTM para o concelho e a inauguração do remodelado pavilhão municipal. A iniciativa, inserida na estratégia nacional de promoção do sucesso escolar, é coordenada pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes e tem uma dotação orçamental de 6,3 milhões de euros a aplicar nos próximos três anos, com apoio do Programa Operacional NORTE 2020.

A meta do PIICIE-TTM, que conta com sete projetos transversais a todos os municípios e 15 promovidos por cada concelho, tem como principal objetivo reduzir o insucesso e o abandono escolar em 25% e irá abranger três mil dos cerca de 11 mil alunos matriculados nas escolas dos nove concelhos da CIM.

No caso de Macedo de Cavaleiros, o projeto-piloto denominado “Prevenir para melhorar - Macedo de Cavaleiros” enquadra-se no eixo "Diferenciação e Inovação Pedagógica", que congrega dois tipos de intervenção que têm o intuito de alavancar a atuação da escola na promoção do sucesso educativo.

“O primeiro nível de intervenção está relacionado com o apoio ao reforço da aprendizagem em áreas centrais do currículo. O segundo acolhe o projeto-piloto «Prevenir para Melhorar», orientado para a construção de um plano de intervenção baseado nos princípios da metodologia de investigação-ação, em que o trabalho colaborativo configura a matriz base para promover a inovação e diferenciação pedagógica e a construção de ambientes favorecedores da aprendizagem”, explica a vereadora Elsa Escobar.

A vereadora com o pelouro da Educação e Ensino adianta ainda que a equipa «Desafiar para motivar - equipa multidisciplinar de Macedo de Cavaleiros» terá como principal missão atuar em diversas áreas para gerar um impacto positivo na comunidade escolar, melhorar as condições do ensino, aprendizagem e desenvolvimento integral das crianças e jovens do concelho.

“Vamos apostar na promoção de encontros formativos para pais e encarregados de educação, alunos e professores, na realização de ações periódicas de coaching para a comunidade escolar como meio catalisador de mudança de mentalidades e atitudes”, sustenta Elsa Escobar. O projeto prevê a criação de uma plataforma de comunicação para criar fluxos de comunicacionais dinâmicos entre os intervenientes no processo educativo e formativo.

Esta é uma aposta fulcral para o Município, adverte o presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues. “Nos últimos anos foi efetuado um investimento significativo em infraestruturas e melhoria das condições de ensino na região. Porém, tal investimento não se refletiu nos números do insucesso e abandono escolar, ainda em valores preocupantes”, frisa.

A taxa de retenção e desistência no ensino básico no ano letivo de 2015/2016, por exemplo, foi de 7, 3%. Valores superiores à média da região Norte (5,6%) e à de Portugal Continental (6,6%). Tendência similar à verificada no Ensino Secundário com as Terras de Trás-os-Montes a apresentar, no ano letivo anterior, uma taxa de retenção e desistência na ordem dos 19% (10,2% na Região Norte e 12% do Continente). «Acreditamos que o projeto, com o apoio de fundos comunitários, é fundamental para alavancar o sucesso escolar no município», disse Benjamim Rodrigues.

Inauguração Pavilhão Municipal
Na mesma cerimónia foi inaugurado o Pavilhão Municipal, depois de sofrer obras de requalificação. Financiado em 85% por fundos do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial e com um investimento de um milhão de euros, o pavilhão foi totalmente remodelado contando “com uma estrutura mais modernizada e adaptada, sobretudo em termos de eficiência energética”, explica o presidente da Câmara Municipal.

Benjamim Rodrigues acrescenta que “o pavilhão agora remodelado permite a prática de qualquer prova nacional ou internacional”. “Esta infraestrutura de apoio à prática desportiva da comunidade escolar servirá ainda a comunidade local na prática de desportos em espaços fechados”, acrescentou o autarca.

Voltar